Participação no 49º Dixieland Festival – Dresden

Não podíamos estar mais entusiasmados por regressar a Dresden, e a razão era simples, este ano regressaríamos mais cedo para tocar no já mítico desfile de cruzeiros!

Final de tarde, aproxima-se a hora do pick-up e finalmente avistamos a banda com a qual iremos partilhar o autocarro… Para nosso espanto é Espanhola! A afinidade foi naturalmente espontânea! E perguntam vocês, como começar um festival com o pé direito? Simples! Juntem uma banda Portuguesa e uma banda Espanhola num autocarro, e o sucesso é garantido! A viagem até ao cais foi a melhor maneira de arrancar o festival! Canções tradicionais portuguesas, pasodobles cantados, sorrisos, gargalhadas e um par de guias com um ar bastante apreensivo…!

Para nos receber estavam meia dúzia de pessoas vestidas à época, e uma fila de perder de vista para ingressar nos barcos. Eram cerca de 7 barcos, cuja lotação já estava totalmente esgotada há varias semanas.

Ora bem, estamos abordo de um dos maiores cruzeiros do rio Elba, num país com óptima cerveja, inseridos num ambiente onde se transpira Dixieland… O seguimento da história é facilmente conclusivo…

O restante festival decorreu com bastante naturalidade. De salientar que regressámos mais uma vez à Fabrica da Cerveja Feldschlößchen para uma noite memorável.

O festival termina então com a já famosa street parade, que este ano, para nossa surpresa foi liderada por nós! Como devem calcular, foi uma hora de caminhada vivida muito intensamente como podem comprovar nas fotos.

A hospitalidade e o espírito Dixieland tornam este festival único, e fazem com que o desejo de regressar seja garantido!

 

Fotos de Jürgen Männel